“Tem dias que a gente se sente Como quem partiu ou morreu…”

Hoje… Vivi uma situação que me fez refletir sobre raiva… dor…perdas…frustrações…e  Amor. Isto é mais uma reflexão que gostaria de compartilhar. images-choro1

Gosto das orientações de Jung (Carl Gustav Jung (Kesswil, 26 de julho de 1875Küsnacht, 6 de junho de 1961) foi um psiquiatra suíço e fundador d a psicologia analítica, também conhecida como psicologia junguiana.)

Li algumas coisas e fui descobrindo… Após uma frustração, para que possamos continuar em frente, precisamos apostar no Amor… Achei isso confortante e lindo. Acreditar no nosso potencial de amar e aprender a compartilhá-lo. As relações humanas generosas e feitas por quereres são estruturadas na troca de Amor. Só podemos trocar, Amor se acreditarmos que temos, Amor dentro de nós. O amor, bom,caloroso e aconchegante que podemos oferecer. Quando não acontece a internalização da crença de que, realmente, temos o Amor dentro de nós e que é algo bom, ficamos vagando em busca  de equacionar nossa frustração, seja ela qual for o aspecto que tenha acontecido. Quando uma  situação se repete com muita freqüência em nossa vida precisamos tentar entender o que ela – esta situação – está querendo nos dizer. Mudam-se os atores, mas os personagens são sempre os mesmos! Precisamos parar um pouco e fazer auto-análise sobre as nossas escolhas. Jung diz que temos tudo dentro de nós. Então, temos também o Amor dentro de nós! Colocar o Amor em sua vida, doando-o a todos a quem você ama é um presente de Deus. Ter lucidez para perceber, a existência de  Amor após sentir-se mais só do que  você merecia, penso que seja uma atitude maduro e corajosa…que bom que a vida muda e a raiva  e as perdas passam. Dói muito…mas sobrevivemos. Sabemos que  a vida é o melhor do melhor que acontece. É FATO.images-choro1

Anúncios

Sobre luciadifatima
Que eu me lembre...sempre gostei de compreender a vida observando ou fazendo uso de imagens...quando adolescente amava fazer recorte e colagem...quando o professor de Arte pedia pra interpretar poemas e temas usando imagens de revistas velhas.O trabalho com a pesquisa de imagens era pra mim um encanto. Hoje sinto que as convivências humanas são direcionadas por eternos recortes e colagens...Humanamente recheados e colados por acertos e erros...os registros gravados neste espaço pretendem estimular e ampliar...reflexões...que busque a construção da melhoria das nossas convivências. O trabalho com educação que realizei durantes alguns anos, principalmente com crianças, amplia a esperança em nos tornarmos cada vez mais humanos. Provavelmente trocaremos saberes sobre mil coisas. Agradeço sua participação e a sua significativa contribuição neste processo de emancipação cidadã para todos e com todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: