COZINHAR É O MAIS PRIVADO ATO

Muitas riquezas e contribuições…praticamos apropriadas da Cultura Afro. Tenho um carinho gigante por Mia Couto… (Filho de portugueses que emigraram a Moçambique em meados do século XX, Mia nasceu e foi escolarizado na Beira).  Além de ser considerado um dos escritores mais importantes de Moçambique, é o escritor moçambicano mais traduzido).

No seu conto … A avó, a cidade e o semáforo. Ele escreve uma compreensão linda sobre o ato de  cozinhar da natureza de uma tribo…lindo. Ele diz…no conto.

COZINHAR É O MAIS PRIVADO E ARRISCADO ACTO. NO ALIMENTO SE COLOCA TERNURA OU ÓDIO. NA PANELA SE VERTE TEMPERO OU VENENO. UMA TAREFA TÃO ÍNTIMA, NÃO DEVE FICAR EM MÃO  ANÒNIMA.





Anúncios

Sobre luciadifatima
Que eu me lembre...sempre gostei de compreender a vida observando ou fazendo uso de imagens...quando adolescente amava fazer recorte e colagem...quando o professor de Arte pedia pra interpretar poemas e temas usando imagens de revistas velhas.O trabalho com a pesquisa de imagens era pra mim um encanto. Hoje sinto que as convivências humanas são direcionadas por eternos recortes e colagens...Humanamente recheados e colados por acertos e erros...os registros gravados neste espaço pretendem estimular e ampliar...reflexões...que busque a construção da melhoria das nossas convivências. O trabalho com educação que realizei durantes alguns anos, principalmente com crianças, amplia a esperança em nos tornarmos cada vez mais humanos. Provavelmente trocaremos saberes sobre mil coisas. Agradeço sua participação e a sua significativa contribuição neste processo de emancipação cidadã para todos e com todos.

14 Responses to COZINHAR É O MAIS PRIVADO ATO

  1. Olá Lucia!
    Meu nome é Gabriel, eu sou filho da professora Silvia que trabalha com você, e ela me indicou seu blog!
    Gostei bastante do que você escreve, há muita cultura envolvida e muita mensagem bacana para passar, você citou coisas que eu conhecia e que eu desconhecia, o que é super legal, afinal, do singular se faz o plural com o conhecimento, estou certo? rsrs
    (se me permite brincar com o nome do blog, claro rsrs)

    Enfim, eu não conhecia Mia Couto, por exemplo. Mas logo fui atrás, encontrei pensamentos bacanas. Uma frase que ele disse que eu gostei: “Afinal, no crime como no amor: a gente só sabe que encontra a pessoa certa depois de encontrarmos as que são certas para outros.”. Eu concordo com ele, acho que encontrar a pessoa “errada” é um processo de amadurecimento.

    Bom, gostei do seu blog, está de parabéns, espero qu continue com esse trabalho! 🙂

    Minha mãe disse que você queria o link do meu, então aqui está: http://songsweetsong.blogspot.com/

    abraços, Gabriel 🙂

    • Gabriel…obriga por sua presença e sua participação madura e plural…gostei muito de tê-lo por aqui gostei muito das suas músicas estou ouvindo…agora…nos todos somos maravilhosamente…SINGULARES E PLURAL…
      Muito obrigado

  2. Lucia de Fatima says:

    Taí uma lição maravilhosa para se aprender … nos alimentamos do: visual, cheiro e sabor do alimento … Bem representado no filme “Como água para chocolate”… “Estômago”
    Franbio

  3. MARCIO RIBEIRO DE SOUZA says:

    SÁBADO, depois de um dia lindo de sol e praia, morrendo de fome, no almoço acredito eu ter colocado ” veneno ” na minha própria comida…pois fiz um omelete com carne moída e legumes vencida. Estava com muita fome e nem percebi aquilo que estava fazendo. Devorei a comida.. Saciei momentaneamente a minha fome, sem sabe que meu ato de não percebe-la melhor traria infortúnios que estou sentido ate agora. Graças a Deus minhas duas amigas estavam comigo e me deram todo o continente que necessitava.Vomitei palavras, sentimentos e emoções… Chorei.Passei a noite toda com diarréia, febre.DOMINGO passei o dia com uma familia caridosa e afetiva que cuidou de mim.Enfim acredito que meu corpo estava precisando despoluir-se, e esse “alimento envenenado” foi o catalizador do processo.Bom morri? Sim morri.Mas estou renascendo! Estou frágil e descansando muito como um bebe. Não fui trabalhar hoje, descanso de mim mesmo. É vital vigiar mais o que colocamos dentro de nós. ATENÇÃO:. Sentir o cheiro. Sentir o paladar. O que estamos recebendo do outro. O que estamos cobrando do outro. E Paciência para aceitar aquilo que não podemos mudar. Coragem para mudar aquilo que podemos. Sabedoria para distinguir as duas coisas. Enfim Orai e Viagiai!

    • Querido amigo…é cozinhar é um ato de amor.Sei que é ,como todas as nossas ações precisam ser temperadas com atitudes de amor.
      Amor,fé,paciência, querer,calma. O tempo é nosso amigo ele nos ajuda a ver melhor, nosso percusso, nossa caminhada.Nossas novas ideias, nossas novas perpectivas.A vida é doce,linda,dura e bela.Indiscritivelmente Bela.
      Obrigada pelo seu carinho. Obrigada.
      Cuide-se!
      Forte e carinhos abraço d eurso Panda.

  4. MARCIO RIBEIRO DE SOUZA says:

    LÚCIA ,
    NAMASTÊ!
    UM ABRAÇO AFETIVO E UM BEIJO COLORIDO!
    MARCIO!

  5. Lúcia,
    Luz…….. Minha amiga e irmão de séculos séculos graças a Deus!
    Temos muitas afinidades e uma delas é a Colagem…adoro recortar revistas velhas ou antigas e criar novas imagens novas. Já passei horas vendo revistas e recortando e depois horas e mais horas olhando para os recortes e reinventando a vida..buscando afinidades entre eles e meu coração…colando-as com amor e afeto sobre o sulfite em branco….na caixa que achei no lixo…e principalmente na minha alma. Lembro -em como se fosse hoje, minha professora de desenho geométrico da 5ª série, nos pediu para recortar revista e criar algo…eu criei uma árvore, que quando a olhei achei que não estava bonita, mas a minha professora D.Marianice olhou e me disse: que árvore linda, diferente, a classe toda ouviu e o meu coração sentiu e os meus olhos ficaram brilhantes. a partir dai amei cada vez mais em fazer colagens e me despertei para a Arte! Obrigado prof. Marianice, por ter me apresentado a uma nova parte de mim mesmo!

    Marcito…digo o mesmo amo estar com você.

    Amo a expressão humana que diz muito sem palavras…eu também na 7ª série do curso ginasial,( na minha época era assim que se falava) o professor Otavio…que tinha vindo da cidade de Mococa interior de São Paulo pediu para fazermos uma colagem com tema natal. Fiz a colagem gostei muito.Fique muito feliz quando o professor escolheu o trabalho para exposição…o professor Otavio sempre estimulava com elogios encorajadores na realização dos trabalhos ele acreditavam no talento que seus alunos tinham para fazer as propostas das aulas. Foi lá na sétima serie que achei que gosta de um conhecimento que era pouco valorizado, a Arte mas eu gostava muito…gosto mais Agora.

    • Marcito…digo o mesmo amo estar com você.

      Amo a expressão humana que diz muito sem palavras…eu também na 7ª série do curso ginasial,( na minha época era assim que se falava) o professor Otavio…que tinha vindo da cidade de Mococa interior de São Paulo pediu para fazermos uma colagem com tema natal. Fiz a colagem gostei muito.Fique muito feliz quando o professor escolheu o trabalho para exposição…o professor Otavio sempre estimulava com elogios encorajadores na realização dos trabalhos ele acreditavam no talento que seus alunos tinham para fazer as propostas das aulas. Foi lá na sétima serie que achei que gosta de um conhecimento que era pouco valorizado, a Arte mas eu gostava muito…gosto mais Agora.

  6. MARCIO RIBEIRO DE SOUZA says:

    Lúcia di Fátima, simplesmente, Lúcia…Lucinha,
    É vital compartilhar nossas vivências, elas enriquecem nossa vida, nos dá novas possibilidades de uso das cores para colorirmos nossos dias…nossas almas… nossos caminhares!
    Um beijo no seu coração e um abraço na sua alma,
    de seu amigo e irmão do coração,
    com defeitos e virtudes,
    Marcio..

  7. Olá querido amigo irmão. Marcio

    Gosto muito de gostar de você. Penso que compartilhar é fundamental. Colorir nossa existência fortalecer nossa caminhada neste momento “AGORA”.

    Gosto de fortalecer-me junto e com você.

    Um aconchegante, carinhoso, sincero e forte abraço.

  8. MARCIO RIBEIRO DE SOUZA says:

    Como diz Cecília Meirelles : A vida só é possível reinventada.
    É preciso e vital criar novas forma de caminhar e degustar, saborear os processos de vida sempre.
    É urgente nutrir nossas relações, não só com coisas materiais, mas com coisas espirituais .
    Precismos nos abraçar mais, olhar mais para o outro, nos colocarmos no lugar do outro enfim, dar mais valor a esse sentimento gregário humano.
    É preciso Perdoar.
    É essencial buscarmos nossa Resiliência.
    É de vida Amar!
    Feliz Natal.
    Ótimo Ano Novo!
    Fé.
    Oração!
    Tesão!
    Querer!
    Paixão!
    Expressar emoções!
    Dançar!
    Respirar!
    Ser e Estar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: