Mama África (a minha mãe) é mãe solteira e tem que fazer mamadeira todo dia além de trabalhar como empacotadeira nas casas Bahia… Chico César…meu respeito a sua cuidadosa sensibilidade poética.

MÃE ÁFRICA … nosso país (Brasil) começa a reparar alguns erros históricos…dentre tantos…agora finalmente foi introduzido no currículo da Educação brasileira os estudos sobre a Cultura Afro o que necessita ainda de organizações pedagógicas, mas creio que seja um avanço. Trago algumas imagens para contribuir com os avanços para a concretização deste currículo.A África é o terceiro continente mais extenso (atrás  da América) com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta. É o segundo continente mais populoso da Terra (atrás da Ásia) com cerca de 900 milhões de pessoas, representando cerca de um sétimo da população do mundo, e 53 países independentes; apesar de existirem colônias pertencentes a países de outros continentes, tais como as Ilhas Canárias e os enclaves de Ceu Ásia ta e Melilla, que pertencem à Espanha, o território ultramarino das ilhas de Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha, que pertence ao Reino Unido, e as ilhas de Reunião e Mayotte, que pertencem à França. Apresenta grande diversidade étnica, cultural e política. Nesse continente são visíveis as condições de pobreza, sendo o continente africano o mais pobre de todos; dos trinta países mais pobres do mundo (com mais problemas de subnutrição, analfabetismo, baixa expectativa de vida, etc.), pelo menos 21 são africanos.

 
 
 

Amigos africanos me asseguram que, em muitos idiomas nativos da África, existem muitos termos para”Caminho” e “Caminhar”, com incríveis mudanças.

Caminhar com uma criança, se fala de um modo.

Caminhar com os pais, já se fala de outra maneira.

 

Caminhar com os amigos, se diz de um jeito.

Com uma pessoa amada, ainda de outro.

Mas, segundo me disseram esses amigos da África, apesar de tantas palavras para ”Caminhar”, na língua deles não existe nenhuma palavra para – ”CAMINHAR SOZINHO”…interessante pensar nos traz  os amigos da África.

Anúncios

Sobre luciadifatima
Que eu me lembre...sempre gostei de compreender a vida observando ou fazendo uso de imagens...quando adolescente amava fazer recorte e colagem...quando o professor de Arte pedia pra interpretar poemas e temas usando imagens de revistas velhas.O trabalho com a pesquisa de imagens era pra mim um encanto. Hoje sinto que as convivências humanas são direcionadas por eternos recortes e colagens...Humanamente recheados e colados por acertos e erros...os registros gravados neste espaço pretendem estimular e ampliar...reflexões...que busque a construção da melhoria das nossas convivências. O trabalho com educação que realizei durantes alguns anos, principalmente com crianças, amplia a esperança em nos tornarmos cada vez mais humanos. Provavelmente trocaremos saberes sobre mil coisas. Agradeço sua participação e a sua significativa contribuição neste processo de emancipação cidadã para todos e com todos.

One Response to Mama África (a minha mãe) é mãe solteira e tem que fazer mamadeira todo dia além de trabalhar como empacotadeira nas casas Bahia… Chico César…meu respeito a sua cuidadosa sensibilidade poética.

  1. Lucia de Fatima says:

    Brilhante sua reflexão sobre o Por quê de se caminhar. Realmente a vida é um eterno caminhar ao lado de, caminhar para alguém ou algum objetivo… e sobretudo caminhar com alguém.
    Franbio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: