Então… é Natal. Dezembro 2014.

images-papai-noel-c-rianc3a7a1-e1323661667751 natal 20124

Olá Amigos… obrigada por ter vivido coisas boas e doloridas com você. E o melhor de tudo… sobrevivemos.!!! Isso é mágico!  Você aquece e conforta meu corpo e minha alma.

Estou pensando sobre o espírito de Natal, especialmente na sensação de tranquilidade que  trago comigo agora. Uma manifestação tranquila em ver as atividades concluídas, os deveres cumpridos, o trabalho concretizado.  O que é possível ate o momento…Neste momento lembro-me da canção de Cazuza que diz…”só as mães são felizes”… é…essa sensação com jeito,de calma resultante da prática quotidiana de estar atento ao outro…coisas que as mães sabem muito bem do que se trata. Falo da disposição sincera das mães que colocam-se dispostas a ver seus filhos crescerem e  começam a seguir seus próprios caminhos, atravessar suas pontes, assumir seus quereres, cair e levantar. As mães sempre atentas para ampara-lós, confiantes em suas capacidades, respirando  uma sensação de paz, interior, profunda e corpórea. É isso! Sinto-me cada vez mais  voltada à praticar e vivenciar esta sensação natalina conscientemente e quotidianamente. Esse amor verdadeiro que as mães verdadeiras ou postiças tem o dom de doar.  É…  acredito que seja possível  tentar. Penso que a festa cristã  que comemoramos no mês de dezembro seja sempre acompanhada por um sentimento de humanidade triplicada.Com generosidade gratuita com saúde favorável. Que tenha clima amigável, alegrias compartilhadas, com pretensão de solidariedade eterna…na…na entre todos. Gosto de Ensaios…quem sabe ensaiar a solidariedade com essa prática do amor incondicional das mães algo de muito bom e novo possa nos surpreender. Quem sabe?   Penso que seja bom tentar!  Gosto muito desse nível de pretensão!
Lúcia di Fátima. Obrigada amigo! Obrigada por momentos felizes que vivemos juntos!  Natal Dezembro – 2014

Sempre uma reflexão interessante da nossa amiga Malfada.

Anúncios

Sobre luciadifatima
Que eu me lembre...sempre gostei de compreender a vida observando ou fazendo uso de imagens...quando adolescente amava fazer recorte e colagem...quando o professor de Arte pedia pra interpretar poemas e temas usando imagens de revistas velhas.O trabalho com a pesquisa de imagens era pra mim um encanto. Hoje sinto que as convivências humanas são direcionadas por eternos recortes e colagens...Humanamente recheados e colados por acertos e erros...os registros gravados neste espaço pretendem estimular e ampliar...reflexões...que busque a construção da melhoria das nossas convivências. O trabalho com educação que realizei durantes alguns anos, principalmente com crianças, amplia a esperança em nos tornarmos cada vez mais humanos. Provavelmente trocaremos saberes sobre mil coisas. Agradeço sua participação e a sua significativa contribuição neste processo de emancipação cidadã para todos e com todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: